PF faz operação em Goiás contra viúva de bandido do Novo Cangaço

PF investiga lavagem de dinheiro de crimes conhecidos como “Novo Cangaço”; mulher comprou casas avaliadas em R$ 1,5 milhão em Anápolis (GO)

atualizado 22/10/2021 18:37

Operacao pf viuva bancoPF

Goiânia – A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira (22/10) uma operação contra a viúva de um ladrão de bancos, figura central de grupo que cometia crimes no estilo “Novo Cangaço”, que é quando uma pequena cidade é tomada por um grupo criminoso para roubar.

Segundo a PF, a viúva é suspeita de lavar dinheiro oriundo do crime comprando imóveis em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Conforme a corporação, o marido da investigada morreu durante uma ação policial em Minas Gerais (a identidade dele não foi informada).

0
Pernambuco

Está sendo cumprido um mandado de busca em Cabrobó (PE) e o sequestro judicial de duas casas em Anápolis, avaliadas em mais de R$ 1,5 milhões. O nome da investigada não foi divulgado até o momento.

A operação foi batizada de Registro, em alusão à produção de uma procuração falsa em um cartório de registro. A viúva é investigada por ocultação de bens, direitos e valores, com pena prevista de três a dez anos de prisão e multa.

Mais lidas
Últimas notícias