metropoles.com

Pastor dizia ungir partes íntimas de mulheres para “tirar magia negra”

Quatro mulheres denunciaram os abusos, sendo duas menores. Ele foi preso na manhã desta quarta-feira (18/5), em Cuiabá

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Redes sociais
Imagem colorida de um pastor acusado de abusar de mulheres
1 de 1 Imagem colorida de um pastor acusado de abusar de mulheres - Foto: Reprodução/Redes sociais

O pastor Lourival Santos de Andrade, 42 anos, é suspeito de abusar de mulheres em Confresa (MT), cidade a 1.160 km de Cuiabá (MT).  Como desculpa para cometer os crimes, ele passava “óleo ungido” nas partes intimas das vitimas com a intenção de “tirar magia negra”.

Quatro mulheres denunciaram os abusos, sendo duas menores. Ele foi preso nesta quarta-feira (18/5), em Cuiabá.

De acordo com as informações da Policia Civil de Mato Grosso (PCMT), o suspeito morava em Cuiabá e cometia os crimes quando ia a Confresa realizar cultos.

Leia mais em RD News, parceiro do Metrópoles.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações