Paraná Pesquisas: em GO, Caiado aparece à frente de Mendanha e Perillo

Pesquisa de intenção de votos para Governo de Goiás mostra que atual governador leva vantagem sobre adversários no primeiro e segundo turnos

atualizado 20/06/2022 15:40

Palácio Pedro Ludovico Teixeira, sede administrativa do Governo de Goiás, em GoiâniaVinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – Pesquisa eleitoral feita pelo instituto Paraná Pesquisas sobre as intenções de votos em Goiás mostra Ronaldo Caiado (União Brasil), atual governador e candidato à reeleição, liderando em diferentes cenários, sejam eles estimulados ou espontâneo.

Ele apresenta folga significativa em relação a seus adversários no levantamento feito entre os dias 13 e 17 de junho deste ano presencialmente com 1.540 eleitores de 60 municípios do estado. O material foi disponibilizado nesta segunda-feira (20/6).

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

O primeiro cenário estimulado (quando os nomes dos candidatos são informados aos entrevistados) conta com a presença do ex-governador Marconi Perillo (PSDB). Neste recorte, Caiado tem 40,8% das intenções. Gustavo Mendanha (Patriota) apresenta 21,9%. Marconi aparece com 14,6%. Major Vitor Hugo (PL) está com 7,7%. Edigar Diniz (Novo) conta com 1,5%. Wolmir Amado (PT) tem 1,2%. Nenhum, branco e nulo somam 7,6%. Não sabe e/ou não respondeu aparecem com 4,7%.

O segundo cenário estimulado exclui o tucano (que ainda não definiu para qual cargo deve ser candidato). Neste quadro, Caiado tem 45,8% das intenções. Gustavo Mendanha aparece com 25,8%. Vitor Hugo está com 9,1%. Edigar Diniz conta com 1,8%. Wolmir Amado tem 1,5%. Nenhum, branco e nulo somam 10,5%. Não sabe e/ou não respondeu aparecem com 5,6%.

Presidente, governador e senador: veja quem são os pré-candidatos nas Eleições 2022.

Na opção espontânea (quando não é oferecido ao eleitor nenhum nome), a maior parte do eleitorado não soube ou não respondeu: 65,6%. Entre os nomes respondidos, Caiado lidera com 14,7%. Ele é seguido por Gustavo Mendanha (6,6%), Marconi (3,5%), Vitor Hugo (1,6%), Edigar Diniz (0,5%) e Wolmir Amado (0,4%). Outros nomes somaram 0,7%. Nenhum, branco e nulo somam 6,4%.

Segundo turno

O Paraná Pesquisas também perguntou sobre a eventualidade de segundo turno em Goiás.

No primeiro cenário, Caiado venceria Gustavo Mendanha com 51,8% a 32,5%. Nenhum, branco e nulo somam 10,9%. Não soube e/ou não respondeu representam 4,9% dos entrevistados.

No segundo cenário, Gustavo Mendanha venceria Marconi Perillo: 45,6% a 26,8%. Nenhum, branco e nulo somam 20,5%. Não soube e/ou não respondeu representam 7,1%.

No terceiro cenário, Caiado venceria Perillo por 56,3% a 22,1%. Nenhum, branco e nulo somam 16,8%. Não soube e/ou não respondeu representam 4,9%.

Rejeição

Um dos recortes do levantamento diz respeito à rejeição.

Neste quadro, Marconi Perillo é o mais rejeitado: 50% dos pesquisados não votariam nele de jeito nenhum. Em sequência aparecem: Vitor Hugo (29,4%), Caiado (26,2%), Wolmir Amado (23,4%), Gustavo Mendanha (20,5%) e Edigar Diniz (16,3%).

Dados

A pesquisa, disponibilizada no dia 20 de junho, foi feita entre os dias 13 e 17 de junho deste ano com 1.540 eleitores de 60 municípios do estado de Goiás. Conforme o instituto, ela apresenta nível de confiança de 95% e uma margem de erro estimada de 2,5%. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob no número GO-00766/2022.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente

Mais lidas
Últimas notícias