Pai de empresário morto no Leblon reconhece corpo do filho no IML

Os corpos de Mateus Viana e Nathalia Guzzardi foram encontrados em banheiro de apartamento no Rio. Polícia suspeita de vazamento de gás

atualizado 23/06/2021 15:47

Paulo Rogério de Faria VianaAline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – “É o momento mais difícil da minha vida.” Esta foi a definição do pai de Mateus Correia Viana para descrever sua chegada ao Instituto Médico-Legal (IML) para reconhecer o corpo de seu filho .”Muito difícil tudo. Não consigo falar”, resumiu Paulo Rogério de Faria Viana, emocionado, ao Metrópoles.

Parentes de Mateus e de Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, encontrados mortos no box do banheiro de um imóvel na Avenida Bartolomeu Mitre, no Leblon, na zona sul do Rio, seguem no IML para liberar os corpos do casal.

Por volta das 15h, a mãe do empresário, Emília Marta de Andrade Correia, que estava na Bahia, chegou ao IML para também reconhecer o corpo de Mateus, que já havia sido identificado pelo pai.

Amigos da família informaram que os pais de Mateus estão solicitando à Justiça autorização para cremar o corpo do empresário.

Em nota, a Polícia Civil informa que investigadores estiveram no apartamento na manhã desta quarta-feira (23/6) e que “informações preliminares indicam que a causa das mortes teria sido um vazamento de gás no banheiro onde as vítimas estavam”.

Ainda segundo a polícia, amigos de Mateus suspeitaram de algo errado pelo tempo sem contato com o empresário, que deixou de responder mensagens na manhã de terça-feira, e foram até o imóvel, que tem fechadura eletrônica. Como tinham a senha de acesso ao imóvel, amigos acionaram os bombeiros, que constataram os óbitos.

 

 

Mais lidas
Últimas notícias