Operação em SP resgata 25 bolivianos em situação análoga à escravidão

Imigrantes serão indenizados; eles foram encontrados na cidade de Indaiatuba em ação conjunta que envolveu órgãos federais e estaduais

atualizado 29/06/2022 19:49

Reprodução/DPU

São Paulo – Operação de órgãos federais e estaduais resgatou 25 bolivianos de situação análoga à escravidão na última terça-feira (28/6) na cidade de Indaiatuba, no interior de São Paulo.

O grupo de imigrantes trabalhava na confecção de peças de roupa. O local de trabalho também servia como moradia para parte do grupo e seus familiares. Nenhum deles tinha vínculo empregatício formal, e o salário era de R$ 0,65 por cada peça que costuravam.

O responsável pela linha de produção irregular e o comprador das peças fabricadas pelos bolivianos assinaram um termo de ajuste de conduta com a DPU e com o MPT. Os trabalhadores vão ganhar um registro retroativo dos contratos de trabalho.

Além disso, os bolivianos serão indenizados por danos morais. Para voltar a funcionar, a fábrica de roupas precisará se adequar legalmente às leis trabalhistas do Brasil.

A ação contou com a participação Defensoria Pública da União (DPU), Ministério Público do Trabalho (MPT), Inspeção do Trabalho (Grupo Móvel de Fiscalização do Ministério do Trabalho e Previdência) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias