metropoles.com

Ômicron faz Câmara voltar ao trabalho remoto até início de março

O presidente da Casa, Arthur Lira, afirmou que é mais seguro manter o protocolo de distanciamento devido ao avanço da Covid-19

atualizado

Compartilhar notícia

Igo Estrela/Metrópoles
Presidente Arthur Lira durante a votação do último destaque antes do 2• turno da PEC dos Precatórios
1 de 1 Presidente Arthur Lira durante a votação do último destaque antes do 2• turno da PEC dos Precatórios - Foto: Igo Estrela/Metrópoles

O presidente da Câmara dos DeputadosArthur Lira (PP-AL) anunciou, nesta segunda-feira (17/1), que a Casa retoma o trabalho remoto e só volta ao presencial após o Carnaval. Os servidores da Casa tinham voltado ao trabalho presencial em outubro de 2021.

No entanto, com o avanço da Ômicron e a curva crescente de internações no Brasil, Lira anunciou que manterá os empregados da casa em trabalho remoto até o fim do Carnaval, pelo menos.

A festa começa em 26 de fevereiro e vai até 1º de março, quando se encerra com a Quarta-feira de Cinzas. Veja anúncio do presidente da Câmara:

O recesso parlamentar começou em 23 de dezembro e vai até 1º de fevereiro. Os deputados voltariam ao presencial nessa data, mas manterão as sessões remotamente.

No Senado, diante de uma nova onda de casos de Covid-19 no Brasil provocada pela variante Ômicron, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse ao colunista do Metrópoles Igor Gadelha que os trabalhos da Casa deverão ser retomados no início de fevereiro ainda no sistema semipresencial.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações