Nova decisão do TJ volta a suspender investigação contra Padre Robson

Nova determinação é do desembargador Leobinio Chaves e, por enquanto, o padre e mais 17 pessoas deixam de serem réus

atualizado 14/12/2020 14:39

Padre Robson e a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe)Reprodução/Instagram

O desembargador Leobino Chaves derrubou a liminar que dava aval para a retomada das investigações do Ministério Público (MPGO) contra o Padre Robson. O religioso e outras 17 pessoas chegaram a ser denunciados por supostos desvios de recursos da Associação dos Filhos e Filhas do Pai Eterno (Afipe) no último dia 4.

De acordo com o desembargador, a decisão tomada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), Walter Lemes, não poderia decretar de forma monocromática os efeitos suspensivos da 1ª Câmera Criminal do TJ-GO, dada no último dia 6 de outubro, que interrompeu, pela primeira vez, as apurações.

Confira mais informações no site Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias