No Rio, mulher em tratamento de câncer é chamada de “viado de merda”

Marido denunciou o caso nas redes sociais. Segundo o desabafo do homem, a esposa teria sido confundida com um transexual no Centro da cidade

atualizado 25/11/2018 8:38

Reprodução/Facebook

Após a esposa ser agredida no Centro do Rio de Janeiro na manhã deste sábado (24/11), ao ser confundida com um transexual, Jorge Lourenço, marido da vítima, publicou um forte desabafo nas redes sociais.

No texto, publicado em seu Facebook, ele conta com detalhes o que ocorreu com a companheira, Deborah Lourenço, que está em tratamento contra um câncer.

“Hoje, a minha esposa, Deborah, foi agredida no Centro do Rio de Janeiro. Em tratamento de um câncer de mama, ela voltava da radioterapia quando, por conta da queda de cabelo da quimioterapia, foi confundida por um imbecil com um transexual”, diz trecho do texto.

Ainda segundo o relato de Jorge Lourenço, a mulher foi empurrada, ameaçada e xingada de “viado de merda” por essa pessoa depois de sair do carro. “A situação só não foi pior porque o guardador de carros impediu. Mas sim, está tudo bem com ela, apesar do susto”, completou.

A postagem, publicada por volta de 12h, alcançou na tarde deste sábado mais de 33 mil reações e 17,5 mil compartilhamentos.

Veja o post:

A reportagem enviou mensagens ao casal, mas, até a publicação deste texto, não havia conseguido contato.

Últimas notícias