Mulher realiza o sonho da maternidade com barriga solidária da mãe

Bebê foi gerado pela própria avó, que queria ver a felicidade da filha, diagnosticada com uma doença rara

atualizado 08/05/2022 9:42

barriga solidaria minas geraisTiago Ghizoni / DC

Ingrid queria ser mãe mesmo que a trombose rara que a acomete tornasse uma possível gravidez “catastrófica”, como descreveram os médicos. Queria ser mãe mesmo sem os R$ 35 mil que custavam uma fertilização. Queria ser mãe apesar dos comentários maldosos que recebeu questionando como criaria uma criança estando doente.

Já Rosicléia queria ver a filha feliz, e a felicidade da família Carlsem ganhou o nome de Maria Clara. A bebê de oito meses e quatro dentes foi gerada pela barriga solidária da avó. Esse 8 de maio, em que será celebrado o Dia das Mães, será o primeiro em que esse trio de mulheres, que além do sobrenome compartilha o mesmo sorriso fácil, estará junto.

Veja mais detalhes no site NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias