Mulher é presa sob suspeita de esquartejar e concretar corpo do marido

Corpo do homem foi encontrado sob concreto na cozinha do casal. Caso aconteceu em Belo Horizonte

atualizado 01/09/2021 12:09

Amanda Dias/BHAZ

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, na noite de terça-feira (31/8), uma mulher, de 62 anos, suspeita de matar e esquartejar o marido, de 55 anos. O corpo do homem foi encontrado enterrado, sob concreto, na cozinha da residência do casal. O caso aconteceu em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.

A idosa foi presa em flagrante. Ela será acusada de ocultação de cadáver e pode responder por mais crimes com o avanço da investigação. A polícia chegou ao local por meio de uma denúncia anônima.

De acordo com o portal Uol, o corpo estava em estado avançado de decomposição e foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). O delegado Fábio Werneck, da Delegacia de Homicídios em Ribeirão das Neves, relatou que o cadáver tinha lesões no coração, compatível com furos causados por faca, e um ferimento no crânio.

As investigações apontam que o casal estava junto há cerca de 20 anos, mas não tinha boa relação e dormia em cômodos separados. A polícia apurou que a vítima teria feito uma dívida de R$ 8 mil para pagar um tratamento de câncer de próstata. A suspeita é de que a idosa teria matado o marido com a intenção de ficar com o dinheiro.

Últimas notícias