Mulher de 51 anos morre ao tentar apagar incêndio em chácara de Goiás

Equipe do Corpo de Bombeiros chegou para combater chamas, mas se deparou com vítima desmaiada em área já queimada em Iporá (GO)

atualizado 19/09/2022 15:23

cleunice incendio ipora Reprodução

Goiânia – Uma mulher de 51 anos morreu nesse domingo (18/9) ao tentar apagar um incêndio na zona rural de Iporá, oeste de Goiás. Cleunice Pereira Rezende chegou a ser socorrida e levada para uma unidade de saúde, mas não resistiu.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 13h30 para combater o incêndio, que atingiu uma região de chácaras. Quando a equipe chegou ao local, Cleunice estava caída na área queimada.

“Ela estava desmaiada, com bastante dificuldade de respirar e queimaduras no corpo”, contou ao Metrópoles o major dos bombeiros Rafael Gomes.

Existe a suspeita que ela desmaiou após respirar a fumaça tóxica em excesso.

Altas temperaturas

Cleunice tentou combater o incêndio com o marido e outras pessoas que estavam na região. Eles usavam equipamentos com água para tentar extinguir as chamas. A temperatura estava muito alta no horário em que o acidente aconteceu, o que colaborou para as chamas se espalharem, segundo os bombeiros.

“Não era um incêndio de longa duração. Muitas vezes as pessoas se desesperam e tentam apagar o incêndio, mas acabam se colocando em risco”, alertou o major.

Os bombeiros acionaram o resgate médico e já providenciaram o transporte da vítima para uma unidade de saúde. As equipes de bombeiros e do Samu se encontraram no caminho, onde a mulher foi intubada. Ela chegou a ser internada na UPA de Iporá, mas não resistiu.

Mais lidas
Últimas notícias