MT: dada como morta, idosa apresenta sinais vitais em velório

O assunto viralizou depois que o artista Ataíde Arcoverde, nascido em Guiratinga, narrou nas redes sociais o fato

atualizado 09/10/2021 16:53

GuiratingaReprodução / RD News

Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos, conhecida como dona Caluzinha, apresentou sinais vitais durante o velório, assustando a todos que estavam na cerimônia. O caso ocorreu em Guiratinga (a 328 km de Cuiabá), nessa sexta-feira (8/10).

A confusão começou por volta das 7h20, quando a morte da idosa foi anunciada. Horas depois, já no velório, ela apresentou sinais vitais e foi levada de volta ao hospital, ainda dentro do caixão.

O assunto viralizou depois que o artista Ataíde Arcoverde, nascido em Guiratinga, narrou nas redes sociais o fato acontecido no município do Sul de Mato Grosso.

Em vídeo, ele conta que os parentes de dona Caluzinha sentiram, durante a despedida, o corpo dela ainda quente. No entanto, acharam que era por conta da alta temperatura. Depois da insistência de alguns presentes, um médico e uma enfermeira foram até o local. Para surpresa e consternação de todos, o médico examinou e constatou que a mulher estava viva.

Confira a reportagem completa em RD News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias