Motorista de BMW envolvido em racha que acabou em mortes não tem CNH

Polícia Civil de Goiás diz que Arthur Yuri não tem habilitação para dirigir e usou carro da mãe. Ele fugiu após grave acidente em Goiânia

atualizado 10/05/2022 11:18

Arthur Yuri, motorista de BMW que disputava racha com caminhonete, em GoiâniaReprodução

Goiânia – A Polícia Civil de Goiás (PCGO) informou que um dos motoristas envolvidos em acidente que matou uma adolescente, na capital, não tem carteira nacional de habilitação (CNH). Dois carros, uma BMW e uma Hilux, disputavam um racha na madrugada de sábado (7/5) na Avenida T-9, na capital goiana, quando a camionete perdeu o controle e capotou.

Segundo a investigação, Arthur Yuri, de 18 anos, que dirigia a BMW, fugiu depois da colisão que provocou a morte de Marcella Sônia do Amaral, de 15. Outra pessoa que estava na camionete, Wictor Fonseca, de 20 anos, teve morte cerebral confirmada nesta terça (10/5).

De acordo com a Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) de Goiânia, inicialmente, foi constada a suspeita dos crimes de fuga de responsabilidade penal e civil e omissão de socorro. No entanto, segundo a investigação, a embriaguez dos envolvidos piora a situação deles. Por isso, responderiam pelos crimes de fuga, embriaguez com resultado de morte e lesões corporais, além de racha.

Racha

Segundo a polícia, Arthur dirigia uma BMW, que aparece, em vídeo de câmeras de segurança, em alta velocidade por câmeras de segurança enquanto disputa racha com uma caminhonete Hilux. O veículo de passeio de luxo, que é da mãe de Arthur, foi apreendido para passar por perícia.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

A mãe de Arthur também será alvo de investigação, já que, conforme lembra a polícia, a entrega de veículo para a condução de quem não é habilitado penaliza a pessoa que o entregou indevidamente.

Mortos e feridos

A adolescente era uma das seis pessoas que estavam em uma caminhonete que ficou destruída e, de acordo com a polícia, era dirigida por Eduardo Henrique. O grupo passou a noite bebendo em uma boate. Durante o racha na madrugada, a adolescente foi arremessada para fora do carro e morreu no local. O corpo parou a cerca de 20 metros da caminhonete onde ela estava.

Nesta terça, Wictor Fonseca, que estava na Hilux e também foi arremessado para fora do veículo, teve morte encefálica informada pelo Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde está internado.

O motorista da caminhonete chegou a ser levado para um hospital, mas fugiu do local antes de ser totalmente avaliado pela equipe médica. O motorista que estava na BMW parou após o acidente para ver como estavam os amigos, mas fugiu em seguida.

A Polícia Civil espera ouvir esta semana os dois motoristas dos dois carros envolvidos no racha (Yuri, da BMW, e Eduardo Henrique, da Hilux) e testemunhas do acidente.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias