Morre turista americano vítima de bala perdida em tiroteio no RJ

Trey Barber, 28, foi baleado no pescoço, dentro do apartamento de uma amiga em Cascadura. Corpo será transportado para Los Angeles

atualizado 12/08/2022 15:21

Joseph Thomas - americano baleado no Rio 1Reprodução

Rio de Janeiro- Morreu na madrugada desta sexta-feira (12/8), o turista americano Trey Barber, de 28 anos, vítima de bala perdida em Cascadura, zona norte do Rio de Janeiro. O jovem estava internado no Hospital Samaritano e teve morte cerebral.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

“Estamos muito mal. Cheguei a trabalhar ontem, esperançosa, achando que ele teria uma chance, mas estava muito grave. Durante o dia, meus filhos Bianca e Michael ficaram o dia todo no hospital, apertaram forte a mão do Trey e chegou a escorrer uma lágrima dos olhos dele, mesmo sem se mover. Acho que ele estava lutando pela vida”, disse ao Metrópoles a diarista Célia Souza, dona da casa onde o americano estava hospedado.

Trey é morador de Los Angeles, na Califórnia e estava no Brasil pela segunda vez. O professor de português era amigo dos filhos de Célia e estava hospedado na casa da família durante o período de férias.

“Ele era muito novo, queria viver mais. Estávamos planejando assistir um jogo do Flamengo no Maracanã, mas eu ainda não tinha levado justamente porque sei que é perigoso. Acabou que o pior aconteceu dentro da minha própria casa”, lamentou Célia.

Durante um confronto na última terça-feira (9/8) no Morro do Fubá, Trey estava dentro de casa, levantou do sofá para pegar o controle e aumentar o volume da TV. O objetivo era abafar o barulho dos tiros que estava assustando o filho de 7 anos de Célia. Foi então que uma bala acertou a nuca do turista.

“Nós não moramos no morro, ouvimos barulho de tiro mas é bem longe. Nenhuma bala nunca entrou aqui dentro de casa, isso tudo é muito triste. A mãe dele está transtornada, chegou a ser internada quando recebeu a notícia. Ela ficou em choque justamente porque estava longe do filho e já é uma senhora de idade. Os dois chegaram a conversar por telefone pouco antes de acontecer essa tragédia”, conta a diarista.

O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e o consulado americano ficou responsável por fazer o translado do corpo para Los Angeles.

“Ele se formou em português justamente porque amava o Brasil. Ele era uma pessoa muito do bem, gostávamos muito dele e ele da gente. O Trey adorava o povo brasileiro, dizia que eram muito calorosos”, lembra a dona da casa onde o turista estava hospedado.

O americano estava internado no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na zona norte, mas a família do jovem, que está nos Estados Unidos, conseguiu pedir a transferência para o hospital particular.

O Consulado Geral dos EUA no Rio de Janeiro corrigiu o nome do americano e confirmou que o turista se chama Trey Barber.

“Oferecemos nossas mais sinceras condolências à família pela perda e estamos fornecendo toda assistência consular apropriada. Em respeito à privacidade da família neste momento difícil, não temos comentários adicionais”, diz a nota.

Mais lidas
Últimas notícias