Modelo que tirava fotos com fuzis é presa a caminho de casamento

Gabriela Assunção havia sido detida anteriormente e liberada. Após a polícia achar fotos comprometedoras no celular, jovem voltou à prisão

atualizado 20/11/2019 19:20

Reprodução

Gabriela Sara Vasconcelos Assunção, 19, que ostentava fuzis e pistolas em fotos sensuais, ficou surpresa ao ser detida por suspeita de tráfico de armas. Ela foi presa no último sábado (16/11/2019), minutos antes do casamento da irmã em Anápolis (GO).

De acordo com o delegado Pedro Caires, da Polícia Civil de Goiás (PCGO), a jovem não reagiu à ação policial, mas disse que havia sido detida anteriormente e solta em audiência de custódia.

Segundo os agentes que efetuaram a prisão, a modelo tinha acabado de sair do salão e estava com vestido de festa, salto alto, maquiada e pronta para a cerimônia – que aconteceu mesmo após a prisão de Gabriela. Ela era procurada desde o dia 8 de novembro.

De acordo com o delegado, há registros de que ela tenha passado por Brasília, Goiânia e Anápolis durante esse tempo.

0

O cumprimento do mandado de prisão ocorreu por volta das 20h de sábado, quando a jovem foi levada à Central de Flagrantes da cidade e, depois, transferida para a Unidade Prisional de Anápolis. Ela segue no local nesta quarta-feira (20/11/2019).

Casal traficante

Em outubro, a jovem foi presa com o marido após a polícia achar armamento no carro deles, em Bebedouro (SP). Ela acabou liberada, mas imagens no celular levaram a Justiça de São Paulo a expedir uma nova ordem de prisão contra a modelo. Investigadores encontraram fotos da mulher seminua e armada. As informações são do portal G1.

No carro em que estava, policiais encontraram 683 projéteis de diferentes calibres, um fuzil, 10 pistolas e 22 carregadores. 

No termo de declaração à polícia, a jovem afirmou que o marido só a avisou sobre o transporte da mercadoria após perceber a aproximação da viatura. Thiago Vieira da Silva, 24, permanece detido.

Perícia realizada no celular de Gabriela revela, porém, que ela tinha total conhecimento das armas traficadas. Certa vez, ela e o comparsa ficaram hospedados em um hotel por dois dias, onde fizeram várias imagens. Gabriela chegou a fazer uma selfie em que aparece seminua, segurando fuzil. Em vários vídeos, a modelo faz uma dança sensual, enquanto o marido segura as pistolas.

“Os fatos novos trazidos ao Poder Judiciário demonstram que a ré Gabriela Sara é pessoa que tem experiência no mundo do crime, e, provavelmente, é mais, ou tão experiente que o namorado e corréu Thiago”, escreveu o juiz Luiz Fernando Silva Oliveira, da 2ª Vara de Bebedouro, ao decretar a prisão preventiva da modelo.

Mais lidas
Últimas notícias