MJ vai leiloar Ferrari que era de império da cocaína em Santa Catarina

Carro comprado por traficantes que enviaram ao menos oito toneladas de drogas para o exterior vale R$ 659 mil

atualizado 25/04/2021 17:31

Divulgação/Polícia Federal

Uma Ferrari California 2010 tomada pela Polícia Federal de traficantes que juntaram ao menos R$ 70 milhões enviando cocaína para o exterior será leiloada em maio pelo Ministério da Justiça. O carro de luxo, na cor amarela, foi apreendido junto a outros veículos, barcos e apartamentos que uma quadrilha de Santa Catarina comprou com dinheiro do tráfico.

O modelo italiano vale R$ 659 mil de acordo com o Blog do Lauro Jardim, do Globo.

A quadrilha que ergueu um império da cocaína usando os portos de Itajaí e Navegantes foi desmantelada em duas operações da PF. A primeira foi a Oceano Branco, em outubro de 2017, que prendeu 35 pessoas. Dois anos mais tarde, a operação Joias do Oceano foi atrás de R$ 70 milhões em bens dos criminosos e em nomes de laranjas. A Ferrari foi apreendida nesse momento.

De acordo com a PF, os traficantes presos exportavam drogas principalmente para a Europa. A polícia identificou remessas de mais de oito toneladas de cocaína para países como Bélgica, Holanda, Itália, Espanha, Turquia e México.

Do que foi apreendido nessas operações, o Ministério da Justiça já leiloou R$ 3 milhões em bens. O dinheiro arrecadado vai para o Fundo Nacional Antidrogas e é reaplicado em políticas para reprimir o tráfico.

Últimas notícias