Ministro do Meio Ambiente sobre Brumadinho: “Seremos muito rigorosos”

Palácio do Planalto informou que o presidente Jair Bolsonaro irá ao local do rompimento da barragem às 8h da manhã deste sábado (26)

Rafael Carvalho/Governo de transiçãoRafael Carvalho/Governo de transição

atualizado 25/01/2019 17:42

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse ao blog BR18, do Estadão, que o governo será muito rigoroso na apuração das responsabilidades sobre o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas.

“Seremos muito rigorosos”, garantiu o ministro, que deverá se deslocar para a região e participa do acompanhamento do caso pelo governo.

Na tarde desta sexta, o porta-voz do governo federal, general Rêgo Barros, confirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), irá a Brumadinho, às 8h da manhã deste sábado (26). A intenção de Bolsonaro é acompanhar de perto o trabalho do governo federal na cidade, atingida pela tragédia do rompimento de uma barragem.

O anúncio foi divulgado por meio de uma nota oficial, lida pelo porta-voz do governo. A manifestação diz ainda que Bolsonaro lamenta “eventuais perdas de vidas” e que “determinou imediato estabelecimento de gabinete de crise tanto no Palácio do Planalto como no Meio Ambiente”.

Últimas notícias