Ministério da Educação contratará intérpretes de Libras para IFB

As vagas foram abertas após uma decisão judicial. O prazo de duração do contrato deverá ser de um ano, com possibilidade de prorrogação

atualizado 04/02/2020 10:41

Felipe Menezes/Metrópoles

O Ministério da Educação contratará 16 intérpretes de Libras para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB). As vagas foram abertas após uma decisão judicial.

A portaria interministerial da Educação e da Economia foi publicada no Diário Oficial União (DOU) desta terça-feira (04/02/2020) e foi assinada por Abraham Weintraub e pelo secretário especial de Desburocratização, Paulo Uebel.

“Autorizar a contratação de 16 (dezesseis) profissionais de nível superior especializados, tradutores e intérpretes de Libras, por tempo determinado, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público”, destaca trecho da portaria.

A contratação dos tradutores e intérpretes de Libras ocorre após a Justiça determinar o atendimento aos alunos com deficiência auditiva no IFB por esses profissionais. A ação era de 2018.

“A contratação de que somente será formalizada mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas, observando-se os demais procedimentos previstos na Lei n° 8.745, de 1993″, pontua.

O prazo de duração do contrato deverá ser de um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de dois anos. A remuneração do profissional obedecerá o Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação.

Poderá ser contratado profissional previamente selecionado em processo seletivo simplificado realizado anteriormente, exceto quando selecionado exclusivamente por análise curricular.

Mais lidas
Últimas notícias