Alemanha desmente fala de Salles sobre mudanças no Fundo Amazônia

Ministro do Meio Ambiente havia dito, durante a COP-25, em Madri, que governo alemão aceitou alterar regras do fundo

atualizado 06/12/2019 20:03

Andre Borges/Esp. Metrópoles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou na Conferência do Clima que está sendo realizada em Madri (COP-25), que a Alemanha “topou” proposta para alterar regras do Fundo Amazônia. A informação, porém, foi desmentida pela embaixada do país europeu no Brasil.

“A Embaixada da Alemanha recebe com espanto as declarações sobre o Fundo Amazônia veiculadas nesses últimos dias. A Embaixada recebeu no início desta semana, uma proposta formal do BNDES para reformular o Fundo Amazônia, autorizada, segundo o BNDES, pelo ministro Salles. Essa proposta está em avaliação e a Alemanha não comentou o assunto até o momento com o lado brasileiro. A avaliação será realizada em estreita cooperação com a Noruega”, informou a representação diplomática.

As informações são do jornal Valor econômico.

O Fundo Amazônia está paralisado por discordâncias entre os governos brasileiro e dos países que o mantêm, principalmente Alemanha e Noruega. Ideias de Salles para financiar a proteção da floresta por meio da exploração econômica não convenceram os parceiros europeus.

A fala de Salles na Espanha foi: “Entregamos uma minuta aos doadores, que estão estudando a proposta. A Alemanha já topou. Falta a Noruega”.

Salles não se manifestou sobre o desmentido até a publicação desta reportagem.

Últimas notícias