Médico é indiciado por morte de influencer Liliane Amorim após lipo

A Polícia Civil do Ceará concluiu as investigações sobre o caso da jovem de 26 anos que morreu em janeiro deste ano

atualizado 01/03/2021 16:44

Influencer Liliane AmorimReprodução/Redes sociais

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) encerrou as investigações sobre a morte da modelo e digital influencer Liliane dos Santos Amorim, de 26 anos. A jovem faleceu em janeiro deste ano, em decorrência de complicações após uma lipoaspiração.

Com a conclusão do inquérito, na última sexta-feira (26/2), o médico cirurgião plástico responsável pelo procedimento foi indiciado por homicídio culposo, devido à “imprudência e negligência do profissional”. Segundo a PCCE, o documento do inquérito foi enviado, nesta segunda-feira (1º/3), para apreciação do Poder Judiciário.

0

O delegado Luiz Eduardo da Costa Santos, titular da Delegacia Regional do Crato e responsável pelas apurações, informou que a perícia realizada no corpo da vítima e os elementos comprobatórios colhidos durante a investigação policial “não deixam dúvidas” de que o caso consiste em homicídio culposo.

De acordo com o delegado, a alta médica de Liliane do hospital foi “prematura”, o que teria agravado o quadro de saúde da modelo depois da cirurgia.

“Ficaram muito claras a imprudência e a negligência por parte do médico. A imprudência demonstrada quando ocorreu a alta médica de Liliane, ainda com muitos sintomas e dores. Segundo depoimentos, a vítima chegou a sair do hospital de cadeira de rodas. Entendemos, desta forma, que houve uma alta prematura, pois o médico foi consultado quanto à permanência dela no hospital”, ressaltou Santos.

Sem assistência

A negligência, conforme a Polícia Civil, teria ocorrido quando a paciente estava em casa, sem assistência, e “se queixava de diversos sintomas”, enquanto o cirurgião se encontrava fora da cidade.

Em nota enviada ao portal G1, a defesa do médico Benjamin Alencar afirmou que o profissional “nega de maneira veemente que tenha agido com imprudência ou negligência na condução do caso, o que ficará demonstrado no decorrer da apuração dos fatos”.

O Metrópoles não conseguiu contato com a defesa de Benjamin até a última atualização da reportagem.

influenciadora Liliane Amorim morreu em 24 de janeiro deste ano. A jovem tinha 101 mil seguidores no Instagram e também atuava como empresária em Juazeiro do Norte, onde morava. Ela deixou um filho de 6 anos.

Liliane fez o procedimento estético em 9 de janeiro, mas começou a ter complicações da plástica uma semana depois, quando deu entrada no hospital. No dia 17, foi internada na UTI.

Últimas notícias