Médica que esperou 30h por resgate relata: “Medo de morrer sozinha”

Carro de Mariana Fossati caiu em ribanceira no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina, no dia 18 de abril

atualizado 02/05/2021 19:23

Médica Mariana Fossati recebeu alta do hospital no dia 27 de abrilArquivo pessoal

A médica Mariana Fossati, de 30 anos, que esperou quase 30 horas pelo resgate após cair em uma ribanceira no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina, relatou os momentos de apreensão que passou. Apesar do medo, ela brinca que a espera “parecia uma prova do BBB”.

Mariana sofreu o acidente na manhã de 18 de abril, em Pouso Redondo. Ela saiu de Curitibanos com destino a Taió, cidade vizinha a Pouso Redondo, onde faria um plantão em um hospital. O acidente aconteceu depois que ela tentou desviar de um animal e o carro acabou caindo em uma ribanceira.

Confirma mais informações no site NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias