SC: médica desaparecida foi encontrada por rastreio de celular

"Nós rastreamos o celular dela pelo Google até o momento em que havia sinal", explicou Cibelle Fossati, madrasta de Mariana Fossati

atualizado 19/04/2021 23:02

Redes Sociais

A médica desaparecida Mariana Fossati, de 30 anos, foi encontrada através de rastreio de celular, segundo a madrasta, Cibelle Fossati. Ela estava às margens da BR-470 no Alto Vale do Itajaí, entre São Cristóvão do Sul e Pouso Redondo, e foi achada na manhã desta segunda-feira (19/4). Em vídeo, a madrasta explicou como tudo aconteceu e como a ajuda dos amigos e da família foi essencial para encontrar a mulher.

“Nós rastreamos o celular dela pelo Google até o momento em que havia sinal”, explicou Cibelle.

De acordo com a madrasta, Mariana havia saído de Curitibanos para trabalhar no plantão de um hospital de Taió por volta das 4h45min desse domingo (18/4) e não voltou para casa, ficando desaparecida por cerca de 28 horas.

Ainda segundo a madrasta, eles só perceberam que Mariana havia sumido quando ela não voltou para casa depois do plantão.

Leia a íntegra da matéria e assista ao vídeo no portal NSC Total, parceiro do Metrópoles.

 

Últimas notícias