Mais um deputado quer adiar eleições municipais. Para dezembro

Paulo Guedes (PT-MG) apresentou PEC para realização das disputas pelas prefeituras no dia 13 do último mês do ano

atualizado 21/03/2020 15:36

Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) apresentada pelo deputado Paulo Guedes (PT-MG) adia para o dia 13 de dezembro as eleições municipais deste ano. O parlamentar sugere a realização dos dois turnos nessa mesma data.

Sem a segunda rodada, diz Coelho, os recursos economizados seriam usados no enfrentamento da pandemia. “A PEC visa a equilibrar o exercício pleno democrática e o combate à pandemia do coronavírus”, afirma Guedes na justificativa.

Pela proposta do deputado, os dois turnos simultâneos seriam feitos com um fórmula em que, ao votar, os eleitores indicariam também qual dos outros concorrentes teria sua preferência para ocupar a prefeitura caso o candidato preferido não obtenha o desempenho necessário para vencer a disputa. Não pode ser o mesmo escolhido como primeira opção.

Guedes é o terceiro congressista a apresentar proposta de adiamento das eleições municipais. Antes, o deputado Ricardo Teobaldo (Podemos-PE) e o senador Major Olímpio (PSL-SP) também tomaram iniciativas para a mudança da data da escolha dos prefeitos. Ambos sugerem mais dois anos de mandato para os atuais chefes dos executivos municipais e, com isso, as disputas ficariam para 2022.

Últimas notícias