Mãe morre após filho embriagado furar blitz e bater o carro

O rapaz foi perseguido por cerca de dois quilômetros pela Guarda Municipal e só parou quando colidiu em outro veículo

atualizado 10/08/2020 18:21

Jovem foge de blitz e colide em outro veículoDivulgação/ PM Amapá

Uma mulher de 46 anos morreu, na noite desse domingo (9/8), após o filho dela, de 20, furar uma blitz da Polícia Militar e colidir com outro veículo, em Macapá (AP). Segundo informações do Uol, o jovem estava embriagado e não possuía carteira de motorista.

O filho da vítima confessou não ter parado na blitz por medo de ser flagrado sob efeito de bebida alcóolica. Também estavam no veículo no momento do acidente a esposa dele e os filhos gêmeos de 9 meses. Eles passam bem.

O jovem fugiu em alta velocidade da barreira policial. Ele foi perseguido por cerca de dois quilômetros pela Guarda Municipal, e só parou quando colidiu em um carro dirigido por um motorista de aplicativo.

A mãe do rapaz, identificada como Clébia Monteiro Sena, ficou presa às ferragens. Ela foi encaminhada em estado grave para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O motorista responderá por conduzir veículo sem habilitação e sob influência de álcool, direção perigosa e transporte irregular de crianças.

0

 

Últimas notícias