Mãe de pastor morto relatou à polícia caso dele com filha de Flordelis

Maria Edna disse que havia boatos de que o casal estava se separando e que ela não concordava com o relacionamento

Reprodução/FacebookReprodução/Facebook

atualizado 16/08/2019 17:09

A mãe do pastor Anderson do Carmo, Maria Edna do Carmo, disse durante depoimento à Polícia Civil que havia boatos de que o filho teria uma caso com Simone dos Santos, uma das filhas biológicas da pastora Flordelis dos Santos (PSD-RJ). A jovem é fruto de um relacionamento anterior da deputada federal. Maria Edna relatou que soube da informação por uma pessoa da igreja de Flordelis e Anderson. As informações são do portal Extra.

A mãe de Anderson, assassinado na madrugada de 16 de junho, afirmou que o mesmo fiel que lhe disse sobre o caso perguntou se o filho estava se separando de Flordelis. Edna relembrou que o discurso da pastora mudou desde abril e nas pregações ela dizia que “o diabo havia entrado em sua família”.

Maria Edna revelou ainda que Anderson já havia se relacionado com Simone na adolescência, antes de namorar com Flordelis. A mulher contou que, no início, era contra o relacionamento dos dois.

Partipação
A mãe de Anderson diz acreditar na participação de Flordelis na morte do pastor, além de Simone, uma das netas, e de Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico da pastora que está preso acusado pelo crime.

No depoimento, a mulher diz que um dos filhos de Flordelis contou que a pastora determinava que remédios fossem colocados na comida de Anderson e havia reuniões na casa da família para sondar como o pastor poderia ser morto, já que o medicamento não estava fazendo o efeito esperado.

Últimas notícias