Licença-maternidade: projeto quer prolongar benefício na pandemia

Creches fechadas e dificuldades para contratar babás tem feito mulheres deixarem seus empregos enquanto proposta ainda tramita no Congresso

atualizado 09/08/2020 11:06

Mãe e bebêHollie Santos/Unsplash

Um projeto em tramitação na Câmara dos Deputados prevê a prorrogação do benefício da licença maternidade até o fim do estado de calamidade pública no Brasil, ou seja 31 de dezembro. A extensão valeria para servidoras e empregadas públicas federais, estaduais e municipais, além de trabalhadoras da iniciativa privada.

O projeto é de autoria do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS). Como argumento, o parlamentar cita justamente a falta de escolas e creches, além da angústia que a incerteza sobre a nova doença causa nas mães.

Além disso, a presença da mãe em casa diminui a possibilidade de um recém-nascido ter a doença. “Ainda é grande a preocupação com essa infecção e a repercussão para os recém-nascidos nascidos e para crianças menores. Ainda há poucos estudos e evidências científicas sobre o comportamento da Covid-19 nesse grupo”, explica a pneumologista pediátrica Daniela Schwerz.

Leia a matéria completa no portal O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias