STF retira da pauta julgamento do pedido de liberdade para Lula

O habeas corpus, apresentado pela defesa do petista, deveria ser julgado pela 2ª Turma nesta terça-feira (25/06)

Foto: Rafaela Felicciano/MetrópolesFoto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 24/06/2019 16:39

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retirou da pauta diária a análise do pedido de habeas corpus para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso no âmbito da Operação Lava Jato pelo caso triplex do Guarujá. O julgamento estava previsto para esta terça-feira (25/06/2019). Com o adiamento, o processo só deverá voltar à pauta do colegiado em agosto, quando o tribunal voltar do recesso.

O ministro decidiu tomar esta decisão após a presidente da Turma, ministra Cármen Lúcia, colocar o julgamento do habeas corpus como 12º item da pauta. Assim, mesmo que o pedido de vista de Gilmar fosse devolvido, não daria tempo de o caso ser analisado amanhã.

O pedido do HC foi apresentado pela defesa do ex-presidente Lula antes do escândalo das mensagens reveladas pelo site The Intercept Brasil. Os advogados defendem que o ex-juiz da Lava Jato foi parcial no decorrer do julgamento do petista.

Um dia após a publicação pelo site, o ministro Gilmar Mendes liberou para julgamento, em 10 de junho, a solicitação do ex-presidente. (Com informações de agências)

Últimas notícias