*
 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, prestou, na manhã desta sexta-feira (10/3), depoimento em processo da Operação Lava Jato como testemunha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ação penal investiga supostos crimes de lavagem de dinheiro do ex-presidente. “A minha relação com o presidente Lula era totalmente focada em assuntos relativos ao Banco Central e à política econômica e, nesta interação, eu nunca vi ou presenciei nada que pudesse ser identificado como algo ilícito ou ilegal”, disse o ministro.

O depoimento durou apenas 15 minutos, de acordo com a assessoria de imprensa da pasta. Meirelles foi ouvido por meio de videoconferência ao juiz federal da 13ª Vara de Curitiba, Sérgio Moro. O ministro permanecia em Brasília nesta manhã e prestou o depoimento do seu gabinete.

O processo que investiga Lula está sob segredo da Justiça.

A agenda de Meirelles foi alterada para incluir esse compromisso. O restante da agenda do ministro nesta sexta está mantido. Às 11h30, ele terá reunião como o professor da PUC-Rio, Leonardo Rezende. Depois, Meirelles embarca para São Paulo, onde, às 17h, terá reunião com o presidente da Rede Record, Luiz Claudio Costa Às 20h, o ministro participa de jantar com membros da comunidade judaica, também em São Paulo.

 

 

COMENTE

Lava JatoFazendaOperação Lava Jatolulasérgio moroministrohenrique meirellestestemunhameirellesdepõe
comunicar erro à redação

Leia mais: Justiça