*
 

Em documentos da quebra de sigilo telemático dos diretores da BRF, anexados à Operação Trapaça – terceira fase da Operação Carne Fraca –, foram descobertos e-mails do filho do ministro Gilmar Mendes, Francisco Schertel Ferreira Mendes, oferecendo “aperfeiçoamentos legislativos”. A informação é do site Antagonista.

O e-mail em questão foi trocado com Ana Rovai, diretora jurídica da companhia. Na mensagem, Francisco Mendes a convida para um tomar café em Brasília, após participar com ela de debate na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ainda segundo o veículo, o filho de Gilmar Mendes diz ““seguem aqui meus contatos para trocarmos ideias sobre possíveis aperfeiçoamentos legislativos que te interessem”. A então diretora jurídica agradece e se coloca a disposição para encontro em São Paulo.

 

 

 

COMENTE

Gilmar Mendesoperação carne fraca
comunicar erro à redação

Leia mais: Justiça