Justiça derruba cobrança de passaporte de vacina em clubes naval e militar no Rio

De acordo com o desembargador que atendeu ao pedido, a presença exclusiva de pessoas vacinadas não impede a circulação do vírus

atualizado 25/09/2021 21:24

Aline Massuca/Metrópoles

A Justiça concedeu uma tutela de urgência recursal para o Clube Militar e Clube Naval do Rio de Janeiro que suspende a obrigatoriedade de um comprovante de vacinação contra a Covid-19 para circular pelas dependências do espaço.

O pedido foi atendido pela desembargadora Elisabete Filizzola, da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, que alegou haver um tratamento “anti-isonômico”, e afirmou que a presença exclusiva de vacinados não exime a circulação do vírus.

Leia mais no Bahia Notícias, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias