“Passaporte da vacina” não será implantado em BH, diz secretário

Capital de Minas toma decisão diferente de outros municípios da região metropolitana, como Betim, que vai adotar a medida conta a Covid-19

atualizado 25/09/2021 10:00

Vacina covid Belo HorizonteMoisés Teodoro/BHAZ

A cidade de Belo Horizonte não vai exigir o “passaporte da vacina” contra a covid-19, como outros municípios da região metropolitana. A informação foi divulgada pelo secretário de Saúde da capital mineira, Jackson Machado Pinto, em coletiva nessa quinta-feira (23/9).

O passaporte é exigido, por exemplo, em Betim. A medida tem o objetivo de evitar a contaminação pelo novo coronavírus em estabelecimentos de permanência coletiva. O decreto foi publicado no Diário Oficial do município da Grande BH no último dia 4.

Saiba de mais detalhes no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias