Juiz amplia para R$ 209 mil fiança de pai de adolescente envolvida em morte

Com a decisão, o valor pago pelo empresário Marcelo Cestari, de 46 anos, deve subir de R$ 1 mil para R$ 209 mil

atualizado 16/07/2020 11:13

Divulgação

O empresário Marcelo Cestari, de 46 anos, que foi detido no domingo (12/7), em Cuiabá, depois que a filha adolescente matou uma miga com um tiro supostamente acidental, teve o valor da fiança aumentado.

Ele havia sido levado para uma delegacia e solto, logo em seguida, depois de pagar R$ 1 mil de fiança.

Leia a reportagem completa em O Livre, parceiro do Metrópoles. 

Últimas notícias