Jovem que matou amiga com tiro na nuca é condenado a 12 anos em MS

Segundo o julgamento, o crime de homicídio foi qualificado, por não ter dado direito de defesa à vítima

atualizado 24/09/2021 11:08

Mulher juíza batendo o marteloReprodução/ FreePik

Caio Valvasori Staut, 24 anos, foi condenado, nesta quinta-feira (23/9), a 12 anos de prisão, por ter assassinado a tiro, a então amiga, Marielle Andrade Vieira, 18 anos, em 2015, em Ivinhema (MS). O julgamento foi no Tribunal do Júri de Dourados.

Conforme o Dourados News, o crime ocorreu na noite de 20 de novembro, na casa do réu. Segundo o julgamento, o crime de homicídio foi qualificado, por não ter dado direito de defesa à vítima. A sentença foi lida pelo juiz Eguiliell Ricardo da Silva.

Leia mais em TopMídia News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias