Jovem presa por praticar assaltos atraía vítimas com atributos físicos

Thalita Silva Teixeira, de 19 anos, foi presa em Belford Roxo após ser apontada como integrante de um bando que praticava roubos com fuzil

atualizado 05/01/2022 10:44

A jovem Thalita Silva Teixeira, de 19 anos, usava a beleza para atrair vítimas no RJReprodução/Instagram

Rio de Janeiro – Uma jovem de 19 anos usava sua beleza e seus atributos físicos para atrair vítimas de roubo na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Thalita Silva Teixeira é acusada de participar de uma série de crimes na região dos bairros Itaipu e Shangri-Lá, em Belford Roxo, portando um fuzil.

Thalita foi presa na terça-feira (4/1) em uma operação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar. A acusada agia ao lado do namorado e de mais dois comparsas. O outro roubo praticado pelo bando foi na madrugada de segunda-feira, primeiro dia útil do ano.

0

O namorado da jovem foi identificado como Luan Nascimento Duarte Silva, de 18 anos, e é considerado foragido desde o dia 29 de dezembro, quando teve a prisão temporária decretada pelo plantão judiciário.

Além dele, há mandados de prisão decretados pela juíza Maria Izabel Pena Pieranti contra os demais integrantes do bando – Darlan Nascimento Duarte Silva, irmão de Luan, e Fabiano da Hora.

Atributos físicos

Os casos de roubos são investigados pela 54ª DP (Belford Roxo). Segundo o delegado Alexandre Netto, Thalita aproveitava a aparência física para atrair possíveis vítimas dos assaltos.

“A suspeita é que, em razão da beleza, ela identificasse possíveis vítimas para os criminosos. Eles têm forte poder bélico e vão às casas delas, subjugando-as e subtraindo bens”, disse o delegado ao Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias