*
 

O jornalista Ricardo Bonalume Neto morreu na madrugada deste sábado (24/3), aos 57 anos, em São Paulo. Especializado em ciência e história militar, ele foi submetido a uma cirurgia de emergência para retirada de um coágulo e não resistiu ao procedimento. O experiente repórter escrevia na Folha de S. Paulo desde 1985.

Bonalume Neto era conhecido no meio jornalístico por sua intensa dedicação a temas militares e científicos. Nos anos 1990, fez grandes coberturas, como uma expedição pela Transamazônica com o fotógrafo Antonio Gaudério e uma duradoura visita ao antigo Zaire, atual Congo, para cobrir a dissolução do regime militar liderado pelo ditador Mobutu. A viagem nutriu o interesse dele em estudar a malária e escrever detalhadamente sobre a doença.

No obituário publicado pela Folha, o jornalista é descrito como um profissional folclórico, colega querido na redação do veículo e amante dos livros – mantinha acervo com mais de 6 mil obras em casa.

 

 

COMENTE

ObituárioFolha de S.Pauloricardo bonalume neto
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil