Jornalista é morto a tiros durante entrevista no Rio de Janeiro

A vítima, Leonardo Pinheiro, de 39 anos, também era candidato a vereador pelo partido Patriota. O caso aconteceu em Araruama

atualizado 14/05/2020 19:05

Leonardo Pinheiro com 3 cachorrinhasArquivo pessoal

O jornalista Leonardo Pinheiro, de 39 anos, foi morto a tiros, nesta quarta-feira (13/05), enquanto fazia uma entrevista. O caso ocorreu no bairro Parati, em Araruama, na Região dos Lagos (RJ). As informações são do jornal O Dia.

Pinheiro, além de jornalista, era candidato a vereador pelo partido Patriota. Ele mantinha a página “A Voz Araruemense”, onde compartilhava reportagens que realizava nas ruas.

O diretório estadual do partido no Rio de Janeiro fez uma postagem nas redes sociais na qual lamenta a morte de Leonardo Pinheiro.

“É com muito pesar que o diretório estadual do Patriota do Rio de Janeiro comunica a morte do nosso filiado e pré-candidato a vereador por Araruama Léo Pinheiro. Ele esteve à frente do projeto Casa da Família, em que demonstrava toda sua vocação comunitária no sentido de auxiliar o povo daquela cidade da Região dos Lagos. Lamentamos profundamente que a vida de um companheiro nosso tenha se perdido graças a mais um de tantos casos de violência no estado do Rio de Janeiro”, disse a publicação.

0

A Polícia Civil informou que foi instaurado inquérito para apurar o crime. O caso, porém, segue sob sigilo.

Últimas notícias