Iris Rezende ao ser vacinado em Goiânia: “Gratidão aos cientistas”

Ex-prefeito da capital, aos 87 anos, foi acompanhado pelo governador Ronaldo Caiado e pelo atual prefeito da cidade, Rogério Cruz

atualizado 10/02/2021 11:20

Ex-prefeito Iris Rezende é vacinado em GoiâniaVinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – Aos 87 anos, o ex-prefeito de Goiânia (GO), Iris Rezende Machado (MDB), foi um dos primeiros vacinados contra a Covid-19, nesta quarta-feira (10/2) na capital, com o início da imunização de idosos, acima de 85 anos, na cidade.

“Devemos, nesta hora, voltar o nosso sentimento de gratidão aos cientistas e a todos aqueles e aquelas que se dedicam à saúde da população”, declarou.

Em dezembro de 2020, ele disse que queria ser um dos primeiros a se vacinar, afirmando que “na hora da doença, não pode ficar com enjoo”.

O ex-prefeito chegou ao campus da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUCGO – Área 1) acompanhado pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e pelo atual prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos). Assim como afirmou em falas anteriores, Iris fez questão de destacar o trabalho da ciência.

“Devo salientar a importância da ciência e da medicina. Quando nossos cientistas avançaram na produção de vacinas para os males existentes na terra, foi uma evolução extraordinária que os antigos jamais poderiam imaginar. A vacina é o resultado de estudos e experiências das mais sofisticadas na área da saúde e da medicina. Feliz é o povo que tem a vacina a sua disposição”, disse.

Carreira

Iris encerrou a carreira política em dezembro de 2020, ao concluir o quarto mandato como prefeito de Goiânia. Ele fez um anúncio no dia 18 de dezembro, na ocasião, ao ser questionado sobre a vacina, no auge da polêmica e discussão sobre índices de eficácia e a origem dos imunizantes, ele disse que, saindo a vacina, desejaria ser o primeiro a ser vacinado.

“Eu conclamaria, independentemente da idade: venha e busque isso que a administração pública hoje está oferecendo, sobretudo os mais vividos como eu, os mais antigos”, frisou.

Por mais de seis décadas, ele atuou na vida pública. De líder estudantil, no fim do anos 1950, a ministro da Agricultura no governo Sarney e da Justiça, no governo de Fernando Henrique Cardoso, Iris foi, além de prefeito de Goiânia, deputado estadual, governador de Goiás e senador. Foi aliado histórico de Maguito Vilela, prefeito eleito da capital vitimado pela Covid-19 em janeiro deste ano.

0
Vacinação

Conforme a prefeitura de Goiânia, a partir desta quarta-feira, os idosos acima de 85 anos receberão a primeira dose da Coronavac em nove diferentes pontos espalhados pela cidade. A prefeitura criou um sistema de distribuição em ordem alfabética, prevendo a conclusão da imunização de todo esse público até este fim de semana.

O governador Ronaldo Caiado (DEM) disse que essa é, para ele, a fase mais esperada da vacinação, pois contempla o público mais vulnerável, com mais risco de morte e internação em UTIs por Covid-19.

“Conversei muito com o Ministério da Saúde, lutei para que houvesse um regramento que desse prioridade a esse público. É a fase mais importante da vacina, sem desconsiderar as anteriores que tiveram o objetivo de imunizar os profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid-19. Todos os 54 mil idosos acima de 85 anos, em Goiás, serão vacinados”, afirma.

Só em Goiânia, calcula-se que em torno de 14 mil pessoas nessa faixa etária serão imunizadas. Nessa terça-feira (9/2), teve início na capital a vacinação de pessoas acamadas, acima de 60 anos. O dia fechou com a vacinação de 506 pessoas desse perfil e o trabalho das equipe da Estratégia da Saúde da Família e do Serviço de Acompanhamento Domiciliar (SAD) segue nos próximos dias.

Mais lidas
Últimas notícias