Ibope: Russomanno mantém liderança em SP, com 25%; Covas tem 22%

Primeiro turno da eleição municipal de 2020 será realizado em exatamente um mês, no próximo dia 15 de novembro

atualizado 15/10/2020 19:46

Fábio Vieira/Especial para o Metrópoles

São Paulo – O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) mantém a liderança nas pesquisas na corrida pela prefeitura de São Paulo, indica pesquisa Ibope contratada pela Rede Globo e divulgada nesta quinta-feira (15/10). As porcentagens variaram dentro da margem de erro em relação à pesquisa anterior feita pelo mesmo instituto, no último dia 2 de setembro. Essa margem é de 3 pontos para mais ou para menos.

Veja as variações em duas semanas de campanha:

Russomanno variou de 26% para 25%.

Bruno Covas (PSDB), de 21% para 22%.

Guilherme Boulous (PSol) foi de 8% para 10%.

Márcio França (PSB) continuou com 7%.

Jilmar Tatto (PT) foi de 1% para 4%.

Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota), de 1% para 2%.

Vera Lúcia (PSTU), de 2% para 1%.

Joice Hasselmann (PSL) se manteve com 1%.

Levy Fidelix (PRTB) se manteve com 1%.

Marina Helou (Rede) se manteve com 1%.

Andrea Matarazzo (PSD) se manteve com 1%.

Orlando Silva (PCdoB) se manteve com 1%.

Filipe Sabará (Novo) foi de 0% para 1%.

Os brancos e nulos foram de 20% para 17% e indecisos, de 8% para 7%.

O Ibope também perguntou em quem os paulistanos votariam se houver segundo turno entre Russomanno e Covas. O atual prefeito ficou com 40% e seu adversário com 39%. Brancos e nulos seriam 18%.

As eleições municipais acontecem em 15 de novembro e 29 do mesmo mês onde houver segundo turno.

Últimas notícias