*
 

Uma garota de 9 anos foi esquecida dentro de uma escola particular em Hortolândia, no interior de São Paulo, na noite de quinta-feira (5/4). De acordo com o pai, ele teria se atrasado 15 minutos para buscá-la, e quando chegou ao local, a surpresa: a menina pedia socorro, atrás das grades da instituição.

Segundo o site Notícias ao Minuto, o homem teria pulado o portão com a ajuda de vizinhos. Antes, porém, ele fez fotos da cena protagonizada por sua filha chorosa. Após o incidente, o responsável registrou um boletim de ocorrência por abandono de incapaz.

“Minha filha estava desesperada, chorando lá dentro, com os braços para fora, me pedindo: ‘Me tira daqui, me tira daqui. Pelo amor de Deus, me tira daqui'”, conta. Ele tentou entrar em contato com a dona da escola, mas não obteve sucesso. Mais tarde, ao ser procurada, a responsável assumiu o erro e declarou não ter atendido o celular porque o número do homem não estava registrado.

Dona da escola Kumon, Sylvia Helena Pelissien afirma que apurará o ocorrido e lamenta: “Eu liguei me desculpando. Não tenho como reparar um erro desse. Isso é um erro!”.