Governo declara emergência em 14 municípios atingidos pela chuva em PE

A medida garante às cidades acesso a recursos federais de forma facilitada, como compras emergenciais sem licitação

atualizado 30/05/2022 14:23

Sobrevoo de áreas afetadas pela chuva em Pernambuco - MetrópolesCleber Caetano/PR

O Ministério do Desenvolvimento Regional reconheceu, nesta segunda-feira (30/5), a situação de emergência em 14 municípios pernambucanos atingidos pelas chuvas.

As buscas por desaparecidos depois das chuvas em Pernambuco chegaram ao terceiro dia nesta segunda. Até o momento, o estado registrou 91 mortes e 26 desaparecidos. Mais de 5 mil pessoas estão desabrigadas.

A portaria inclui 14 municípios. Veja a lista:

  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Goiana
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Moreno
  • Macaparana
  • Nazaré da Mata
  • Olinda
  • Paudalho
  • Paulista
  • Recife
  • São José da Coroa Grande
  • São Vicente Férrer
  • Timbaúba

Com a decisão, os municípios podem ter acesso a recursos federais de forma facilitada, fazer compras emergenciais sem licitação e ultrapassar os gastos fiscais previstos para custear ações de combate à crise.

Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sobrevoou as regiões afetadas pelo alto volume de chuvas no Recife, ao lado de pelo menos oito ministros. A comitiva presidencial partiu da Base Aérea de Brasília por volta das 6h desta segunda e pousou na região por volta das 8h. O titular do Palácio do Planalto passou cerca de 2h30 em Pernambuco. Depois de pouco mais de 25 minutos de voo, o chefe do Executivo retornou e concedeu entrevista coletiva ao lado dos ministros.

“Fizemos um sobrevoo em parte da área atingida, não conseguimos avançar. Tentei pousar também, mas a recomendação dos pilotos era que, tendo em vista a consistência do solo, poderíamos ter um incidente. Então, resolvemos não pousar”, disse Bolsonaro.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias