GO: polícia prende suspeitos por morte de jovem após briga sobre sumiço de celular

Laila Laiany, de 18 anos, foi assassinada com um golpe de canivete no pescoço após uma briga em um bar de Goiânia

atualizado 04/08/2021 11:19

Laila esfaqueada bar celular GoianiaReprodução/Facebook

A Polícia Civil de Goiás prendeu dois homens suspeitos de matar de forma brutal uma jovem de 18 anos em Goiânia. De acordo com informações coletadas pelos investigadores, a suposta motivação do crime seria o sumiço do celular da vítima, que teria acusado um dos suspeitos.

O assassinato aconteceu no último domingo (1º/8). Laila Laiany Souza Silva Portilho, de 18 anos, estaria em um bar e perdeu seu celular. Ela teria acusado um rapaz de ter furtado o aparelho, que em resposta, agrediu a jovem com uma garrafa de cerveja e um golpe de canivete no pescoço.

0

No meio da confusão, um amigo de Laila também foi agredido, mas sobreviveu. Ele foi encaminhado para o hospital com ferimentos na cabeça e peito.

Os dois suspeitos de cometer o crime fugiram logo depois de esfaquear Laila. Policiais da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH) localizaram os dois acusados em um imóvel do Setor Madre Germana.

Quando foram presos em flagrante pelos policiais civis, ele mostraram onde estavam os dois canivetes usados no crime.

Um foi lançado sobre um gramado e outro permanecia escondido em uma árvore. Os nomes dos dois suspeitos presos não foram divulgados.

Mais lidas
Últimas notícias