GO: irmãs, de 15 e 3 anos, teriam sido abusadas por ex-namorado da mãe

Homem de 41 anos foi flagrado pela ex-namorada, à noite, no quarto das vítimas; se for condenado, ele pode pegar até 27 anos de prisão

atualizado 22/06/2021 16:59

goias sede dpcaVinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – Um homem de 41 anos foi preso preventivamente nesta terça-feira (22/6), na capital goiana, pelos crimes de estupro contra uma menor de 15 anos e estupro de vulnerável contra uma criança de 3 anos, as vítimas são irmãs. Segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO), caso seja condenado, a pena do indivíduo pode chegar a 27 anos de reclusão.

De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Goiânia, os crimes aconteceram entre os meses de março e abril deste ano. O homem é ex-namorado da mãe das vítimas. 

Em depoimento, a mulher narrou que se relacionou com o autor dos estupros por apenas três meses. Em uma noite, ela contou que ouviu barulhos estranhos vindos do quarto da filha mais velha, escutando gemidos e ameaças por parte do ex-namorado, dizendo: “se contar para a sua mãe, você vai ver“. Depois disso, a mulher ainda flagrou o homem passando a mão na genitália da filha menor, de 3 anos.

Inicialmente, a adolescente não quis contar o que havia ocorrido no quarto dela naquela noite, mas com muita insistência da mãe, ela relatou que foi obrigada a manter relação sexual com o indivíduo mediante ameaça por várias vezes.

O autor foi preso e está à disposição do Poder Judiciário.

Últimas notícias