GO: Aparecida de Goiânia avança 30 posições em ranking de saneamento

Segundo Instituto Trata Brasil, Aparecida evoluiu significativamente no serviço de coleta e tratamento e avançou 30 posições em 5 anos

atualizado 23/03/2022 16:26

Reprodução/Saneago

Goiânia – Relatório divulgado pelo Instituto Trata Brasil mostra que a cidade de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital goiana, evoluiu significativamente no serviço de coleta e tratamento de esgoto nos últimos cinco anos, melhorando consequentemente a qualidade de vida da população.

Conforme o documento, a cidade avançou 30 posições, deixando a 77ª colocação, em 2017, para ocupar a 47ª, em 2022. Apenas no último ano, segundo o estudo, a cidade saltou 15 posições.

0

O Instituto Trata Brasil destaca Aparecida como referência entre as maiores cidades brasileiras que deixaram as piores posições do ranking de saneamento.

“Alguns municípios apresentaram relativos avanços ao longo dos anos e já não pertencem mais ao grupo dos 20 piores nas duas edições mais recentes do Ranking. Alguns exemplos são: Natal (RN) ocupando a 72ª posição de 2022, Olinda (PE) ocupando a 65ª posição de 2022, Paulista (PE) ocupando a 64ª posição de 2022, e Aparecida de Goiânia (GO)”, aponta.

O relatório ainda ressalta que Aparecida está entre as 50 cidades melhores colocadas. “Vem apresentando uma sólida melhora de seus indicadores nos últimos dois anos, tendo saltado 36 posições nesse período e alcançado a 47ª posição de 2022, firmando seu lugar entre os 50 primeiros colocados do Ranking 2022”, concluiu a organização do estudo sobre a cidade.

Com significativas melhoras, a cidade atinge 53,21% das residências com coleta de esgoto. Em 2008, apenas 18% da população era beneficiada.

Aparecida supera 15 capitais no ranking de saneamento

A última edição do relatório mostra ainda que Aparecida supera 15 capitais no ranking do saneamento entre as 100 maiores cidades do País: Macapá (100ª), Porto Velho (99ª), Rio Branco (97ª), Belém (96ª), Maceió (91ª), Manaus (89ª), São Luís (85ª), Teresina (84ª), Recife (83ª), Fortaleza (76ª), Natal (72ª), Aracaju (63ª), Florianópolis (60ª), Cuiabá (55ª) e Vitória (53ª).

Números divulgados na 14ª edição do Ranking do Saneamento, com foco nas 100 maiores cidades brasileiras, pelo Instituto Trata Brasil demonstram que a Prefeitura de Aparecida acertou quando, meados da última década, autorizou a Saneago subdelegar a exploração do serviço no município.

Mais lidas
Últimas notícias