General Carlos Roberto de Souza Peixoto, assessor do GSI, morre de Covid

Assessor do general Augusto Heleno estava internado desde 18 de março no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília

atualizado 13/05/2021 19:35

general Carlos Roberto de Sousa PeixotoExército/Divulgação

Internado desde a segunda quinzena de março no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, o general da reserva Carlos Roberto de Sousa Peixoto (imagem em destaque) morreu nesta quinta-feira (13/5) vítima da Covid-19.

O militar era chefe da Assessoria de Planejamento e Assuntos Estratégicos do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), assessor direto do ministro chefe do órgão, general Augusto Heleno.

O GSI confirmou ao Metrópoles a morte.

De acordo com informações do jornal O Globo, Peixoto vinha alternando trabalho remoto e presencial no Palácio do Planalto durante a pandemia e esteve no prédio pela última vez em 11 de março. Logo em seguida, teria testado positivo para a doença. A internação veio no último dia 18 de março.

Últimas notícias