metropoles.com

Gabriel Monteiro passou esperma no cabelo de ex-assessor: “Sem reação”

Ex-funcionária do vereador chegou a receber um punhal para se defender dos assédios sexuais

atualizado

Compartilhar notícia

Aline Massuca/Metrópoles
Gabriel Monteiro
1 de 1 Gabriel Monteiro - Foto: Aline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – Um ex-assessor de Gabriel Monteiro (PL) disse, em depoimento ao Conselho de Ética, que aprovou por unanimidade o parecer pela cassação do parlamentar, que o vereador já passou esperma em seu cabelo: “Fiquei sem reação”.

Uma outra ex-funcionária de Monteiro, que relatou diversos episódios de assédio praticados pelo político, disse ter recebido um punhal para se defender. Segundo ela, Rick Dantas, apontado como chefe de mídia do vereador, entregou o objeto perfurante em uma das ocasiões e disse: “Fura ele, que ele para”.

“A gente estava indo pro Centro. Nisso, o Gabriel, pediu pro Rick trocar de lugar com ele. Aí, foi pro banco de trás. E, no banco de trás, ele começou a me agarrar, a lamber as minhas costas, morder, a me morder e ficar falando algumas coisas, sabe? E eu pedia pra ele parar e eu falava que não gostava dessas brincadeiras, e ele sempre falava que só estava brincando… Pedi socorro. Eu falei: “Cara, para o Gabriel”. Aí, ele me deu um punhal na mão e mandou eu furar ele, que ele para”, contou Luisa Caroline Bezerra Batista, que trabalhou para o político por cerca de sete meses.

Segundo ela, ao apontar para Rick seu desconforto com as atitudes do parlamentar, recebeu como resposta: “Por isso que eu falo pra você pegar o punhal. Fura ele, que ele para”.

Em seu depoimento, Vinícius Hayden Witeze, que morreu em 28 de maio, após prestar depoimento no Conselho de Ética, afirmou que Gabriel Monteiro “fazia questão” de mostrar o pênis ereto para todos.

Às vezes, você estava distraído, o cara queria encostar com o pênis dele no seu braço, na sua mão. Todas essas coisas que eu via lá, eu relatei. Inclusive, relatei o dia até que o Gabriel virou para mim e falou: ‘Se você mostrar seu pênis pra mim, eu vou te dar quatro dias em casa'”, relatou.

0

Cassação 

Na última semana, o Conselho de Ética da Câmara do Rio aprovou, por unanimidade (sete votos), o relatório final do vereador Chico Alencar (PSol). O documento pede a cassação do mandato do vereador Gabriel Monteiro (PL) por falta de decoro.

Segundo a Câmara de Vereadores, a defesa de Monteiro decidiu recorrer da decisão à Comissão de Justiça e Redação nesta segunda-feira (15/8), quando expira o prazo processual para contestar a decisão do Conselho. O recurso deve ser julgado na reunião da comissão, na próxima quarta-feira, dia 17. 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações