metropoles.com

Gabriel Monteiro criou “setor” para perseguir vereadores e desafetos

Esquema foi detalhado pelo ex-assessor do vereador e coordenador do “setor de investigação e apuração” ao Conselho de Ética da Câmara

atualizado

Compartilhar notícia

Aline Massuca/Metrópoles
Gabriel Monteiro
1 de 1 Gabriel Monteiro - Foto: Aline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – O vereador Gabriel Monteiro (PL) pedia que seus funcionários investigassem e perseguissem pessoas para tentar flagrá-las em situações que rendessem conteúdo para seus vídeos. Em algumas ocasiões, Laura Carneiro (PSD), então secretária de Assistência Social da Prefeitura do Rio, foi seguida por dias inteiros.

Segundo o ex-assessor do parlamentar Vinícius Hayden Witeze, que coordenava o setor de investigação criado por Monteiro, em seu depoimento ao Conselho de Ética, o intuito era verificar um possível “desvio de função” dos “alvos” apontados pelo parlamentar:

“Houve perseguição nesse dia, né? Ao qual eu persegui o carro da subsecretária [Laura Carneiro], para saber para onde ele ia, para verificar se havia um desvio de função. Houve também, logo após aquilo, que ele queria constranger a Laura. Então, ele pediu para que eu descobrisse a rotina dela”, contou.

0

Segundo Vinícius, a dinâmica das apurações se dava por uma análise de campo, além da produção de fotos e vídeos durante uma tocaia, que podia durar um dia inteiro. O plano, no entanto, não seguiu adiante, pois o setor tinha muitas demandas e o ex-assessor não dava mais conta.

“Não, não cheguei, não comecei a investigar isso não [vereadores], até porque eu tinha muita investigação em andamento e já não estava dando conta das demandas e pressão de tempo que ele [Monteiro] estava me dando”, afirmou.

De acordo com ele, Gabriel Monteiro também queria investigar nomes como o do ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos, que perdeu o cargo após denúncias de corrupção, em maio de 2020. 

O ex-assessor ficou de mostrar provas para o Conselho de Ética na semana seguinte ao seu depoimento, mas morreu dois dias após, em um acidente de carro em Teresópolis, na Região Serrana.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?