Fumaça de queimadas paira sobre o centro do Brasil

Situação de queimadas é pior em Minas Gerais, que tem o maior setembro de fogo em uma década

atualizado 23/09/2021 20:17

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Grande quantidade de fumaça de queimadas cobria hoje extensas áreas do Centro-Oeste e do Sudeste do Brasil. É o que mostravam as imagens do sensor ABI de profundidade óptica do satélite GOES-16 desta quinta-feira (23/9) e divulgadas pela divisão de monitoramento de aerossóis da Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (NOAA).

O bioma Cerrado registrou até o dia 22 de setembro neste mês 17.361 focos de calor. O valor se aproxima da média histórica de setembro de 22.857. Com o intenso calor dos últimos dias, houve um salto no número de focos de calor no Cerrado. Foram 533 no dia 17, 1488 no dia 18, 1149 no dia 19, 1557 em 20 de setembro, 1336 no dia 21 e 898 no dia 22.

Leia a reportagem completa no MetSul, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias