Foliões fazem protesto em frente à casa de Bolsonaro no Rio

Bloco-protesto foi organizado pelo Facebook e chegou ao condomínio do presidente, na Barra da Tijuca, no último dia de Carnaval

Facebook/ReproduçãoFacebook/Reprodução

atualizado 05/03/2019 22:38

Um grupo de foliões aproveitou a terça-feira (5/3) de Carnaval para fazer um protesto contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em frente à casa dele na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Organizado como bloco de carnaval, batizado de “Eu avisei”, o protesto reuniu foliões fantasiados de laranja, numa alusão a suspeitas de irregularidades envolvendo tanto o gabinete do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) quando era deputado estadual no Rio quanto candidaturas do PSL, partido do presidente.

O protesto, organizado ainda pela manhã, também teve foliões fantasiados de “fantasma do comunismo”, com lençóis vermelhos cobrindo o corpo (foto abaixo). Uma foto com dezenas de foliões usando laranja (foto em destaque) foi publicada na página do “bloco” no Facebook, com o seguinte comentário: “Obrigado a todos que compareceram hoje no bloco. O bonde laranjinha fez sucesso na orla. Galera linda demais”.

Facebook/Reprodução
Manifestantes vestidos de Ursal durante o bloco “Eu Avisei”, em frente à casa de Bolsonaro, no Rio

Ainda na rede social, os organizadores deixam claro que o “desfile” era um ato político. “Não temos nenhum tipo de autorização de órgão nenhum, no entanto somos um ato político em formato de bloco, e atos políticos não necessitam de autorização prévia, por isso estamos tranquilos quanto a nossa saída, e qualquer impedimento de saída do bloco será entendido como censura”, diz uma publicação fixada na página. Não houve relatos de problemas no desfile na orla da Barra.

Últimas notícias