Filha de Flordelis desabafa sobre morte de pastor: “Máscaras caíram”

Nas redes sociais, Roberta Santos disse que a família está "quebrada, rachada e destruída" após o assassinato do pai

reprodução/ redes sociaisreprodução/ redes sociais

atualizado 03/07/2019 15:47

Em tom de desabafo, uma das filhas da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) lamentou o assassinato do pai, o pastor Anderson do Carmo, e disse que foi preciso ele morrer para que “as máscaras caíssem”. Nas redes sociais, Roberta Santos afirmou que a família está “rachada e quebrada” desde a execução do religioso – fato que culminou na prisão de dois dos irmãos dela.

“Dói. Cada dia que se passa dói mais ainda. Cada dia dói diferente. Nunca, nem nos meus piores pesadelos, eu me imaginei sentindo essa dor. Temos a dor da perda, a dor da angústia, a dor da revolta, a dor da impunidade, a dor do medo, a dor das inúmeras perguntas […]”, disse a jovem. E continuou: “E a pior de todas as dores é ver nossa família quebrada, rachada e destruída”.

Após o assassinato do pastor, dois filhos de Flordelis assumiram a culpa pelo crime e alegaram que Anderson traía a esposa. Desde então, os desentendimentos na família não tiveram fim. Em depoimento, um terceiro filho acusou a parlamentar de envolvimento na morte do marido. O vereador Misael da Flordelis, também filho do casal, retirou o nome da mãe –  que o ajudou na candidatura.

“Tudo mudou depois dessa crueldade. Tudo. Tudo. Uma pena Deus ter que te recolher para que muitas máscaras caíssem. Eu já até me questionei com Ele se não teria um jeito menos sofrido… Mas Ele sabe de todas as coisas, mesmo que a gente não compreenda”, disse Roberta.

Nas redes sociais, a jovem ainda pediu justiça, mesmo que “doa ainda mais”. “A alma só chora e sei que a justiça, que por mais que seja necessária, não será suficiente para curar essa dor… Pelo contrário, é de se esperar que doa mais ainda. Não pensem que ficaremos felizes com ela… Acredite, vai doer mais ainda!”, salientou.

Últimas notícias