Fãs fazem vigília em hospital no Rio em apoio a Paulo Gustavo

No início da noite desta terça (4/5), a assessoria do ator divulgou que o quadro dele é irreversível

atualizado 04/05/2021 21:54

Fachada do Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, onde está internado o humorista Paulo Gustavo desde o dia 13 de março com um quadro de Covid-19Aline Massuca/ Metrópoles

Rio de Janeiro – A tarde desta terça-feira (4/5) foi marcada por comoção na Rua Figueiredo de Magalhães, em Copacabana, endereço do Hospital Copa D’or, onde o humorista Paulo Gustavo está internado há quase dois meses com Covid-19.

Um dia após o boletim médico informar um agravamento no estado de saúde do ator, a família foi chamada ao centro médico, deixando jornalistas e fãs do ator aflitos. A mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia; a irmã, Ju Amaral; e o empresário, Júlio Márcio, deixaram o centro médico no começo da noite, sem falar com a imprensa.

Várias pessoas se reuniram em frente ao hospital, reagindo a cada novidade sobre o estado de saúde do humorista. Algumas delas, de carro, buzinaram e emitiram palavras de força a Paulo.

A assessoria do ator divulgou que o quadro é irreversível. “Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem se deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

0

Últimas notícias